9 de mai de 2014

Music - Jimi Hendrix

Hello docinhos <3.
   É apenas 09:00 da manhã, e eu estou começando a escrever o post, para hoje de noite, acabei agorinha de fazer as minhas lições de casa, e já vim correndo pro note, para começar escrever, porque, o post de hoje é super especial - e extenso também -, porque vou falar sobre o melhor guitarrista que existiu tanto na história da música, como do rock, e ele sempre vai ser o melhor guitarrista. Eu assisti uma série que falava sobre ele, e me apaixonei. É uma pena ele não estar mais entre nós :c. Mas mesmo assim, vamos falar um pouquinho sobre ele? Vaaamos <3

 Jimi foi guitarrista, cantor e compositor. Ele não tinha medo de ousar. A guitarra parecia que era parte dele. Ele tinha completo controle sobre ela, ele podia fazer o que quisesse, que todos iriam adorar, ele era incrível. Até hoje, críticos e músicos se referem a ele, com o melhor guitarrista da história do rock. Ele foi um marco na história do rock. Fez bastante sucesso nos anos 60', que foi quando ficou conhecido. Jimi chegou a tocar com Little Richard, e deixou bem claro: "Quero fazer com minha guitarra, o que Little Richard faz com sua voz". 

 Ele superou seu ídolo, Eric Clapton, que era considerado o "deus" da guitarra. Ele conquistou muitos fãs, rapidamente, e começou a fazer sucesso por sua espontaneidade, e pelo "malabarismo" que fazia com a guitarra.  Jimi foi descoberto por Chas Chandler, baixista do famoso grupo de rock britânico "The Animals". Chas levou Jimi até a Inglaterra, , e o ajudou a formar uma nova banda, que ficou conhecida como The Jimi Hendrix Experience, contando com o baixista Noel Redding e o percussionista Mitch Mitchell.

  A banda começou a fazer sucesso, cantando em bares, pub's e clubes em Londres, o nome de Jimi, se espalhou pela cidade, trazendo mais e mais telespectadores. E as músicas "Hey Joe", "Purple Haze" e "The Wind Cries Mary", trouxe ainda mais sucesso. Até agora, eles estavam em uma montanha-russa, que só subia.

"Com o forte apelo de Paul McCartney, integrante do "Festival Pop de Monterey" (Monterey Pop Festival), o Jimi Hendrix Experience foi agendado para apresentar-se naquele festival, e o concerto, onde ficou notória a imagem de Hendrix pondo fogo e quebrando sua guitarra, foi imortalizado pelo cineasta D.A. Pennebaker no filme Monterey Pop. O festival de Monterey foi um triunfante retorno. E foi seguido de uma abortada apresentação de abertura para o grupo pop The Monkees, em sua primeira turnê americana." - Wikipédia
Sem dúvida alguma, esse foi o melhor show de Jimi. Ele "sambou" na apresentação dos outros jashd. Eu assisti o show, no YouTube, no  final do post, eu posso deixar o link.

 Agora falamos da parte mais triste, a morte de Jimi Hendrix :c. Jimi estava bebendo muito, e se drogando também. Jimi foi preso por ter destruído completamento um quarto de hotel, durante um ataque de fúria, quando estava embriagado. Em 1968, a montanha-russa do sucesso de Jimi, começou a descer. Chas pediu demissão, dizendo que Jimi estava sempre sob o efeito de drogas, e pediu pra repetir até 47 a gravação de UMA única música. Os parceiros de banda de Jimi, começaram a se desligar da banda, e assim acabou o Experience, acabou. Jimi continuou tocando.

  Ele começou a ser acusado de ser rude, grosso e arrogante com os apresentadores. Em 3 de maio de 1969, Jimi novamente foi preso, por ter sido encontrada uma quantidade da droga heroína, em sua mala.

Em agosto do mesmo ano, Jimi foi tocar no Festival de Woodstock. A apresentação além de desigual, e totalmente não ensaiada, foi péssima. Jimi estava sob o efeito de uma alta dose de LSD, tomada pouco antes de subir ao palco.

  No mesmo ano, em Londres, Jimi morreu. Ele teria combinado um grande dose de remédios para dormir, e vinho, que causou uma intoxicação, que o fez desmaiar. Mas, Jimi morreu de uma forma nada digna, morreu asfixiado em seu próprio vômito, que se compunha, basicamente, de vinho. E assim, morreu o melhor guitarrista de todos :/.

  Talvez eu volte outro dia,  para falar de mais alguma banda de rock, que fez história. Kissus

Nenhum comentário:

Postar um comentário